Big Brother

Julho 17, 2003 at 12:06 pm 1 comentário

Depois que o muro caiu, eles estavam loucos atrás de um pretexto para voltar a invadir países de Terceiro Mundo e a manter seus próprios cidadãos permanentemente espionados… Pois é, para quem tinha alguma dúvida, eles encontraram este pretexto: “terrorismo”!

EUA desenvolvem Big Brother real para os cidadãos

Alexandre Mandl

Os militares americanos estudam um sistema que pode transformar as ruas do país em um grande Big Brother. Batizado de “Combat Zones That See” (CTS), o projeto pretende colocar todas as câmeras do país para vigiar comportamentos estranhos dos seus cidadãos. A principal função da novidade é detectar atos terroristas antes que eles aconteçam.

A licitação do projeto foi aberta em março deste ano. De acordo com a agência de pesquisas tecnológicas militar (DARPA), a tecnologia desenvolvida não será utilizada nos Estados Unidos. Em um primeiro plano, irá para países onde as tropas americanas estão presentes e não contam com muita segurança. Para ser mais específico, para o Iraque e Afeganistão. Ou seja, a novidade está em desenvolvimento para evitar que mais soldados sejam mortos por estrangeiros terroristas.

Porém, é de se suspeitar que se a experiência der certo, não existe um porquê de não utilizá-la em casa. É justamente nesse palpite que todos os analistas de segurança do país apostam. Por mais que a DARPA negue, o tal do projeto CTS deverá ser utilizado sim nos Estados Unidos. E detalhe, muitos especulam que será em setembro deste ano.

De qualquer forma, existem muitos americanos descrentes do funcionamento da CTS. Tudo porque não existe uma tecnologia que reconheça automaticamente uma informação em uma imagem e a converta em dados processáveis. No caso, precisará de alguém para pegar a placa do carro de um suspeito e jogar no computador. Isso sem contar da necessidade de um outro funcionário para checar as informações em outros vídeos gerados por também outras câmeras. Enfim, é um sistema que, para “perseguir” alguém, terá que contar ou com uma invenção mirabolante ou com as mãos de muitos soldados.

Se a tecnologia irá funcionar, ou não, nada está comprovado até agora. Só o tempo responderá. A questão é que o secretário da justiça americano, John Ashcroft, já forneceu munição legal para o CTS funcionar nos Estados Unidos. Afinal de contas, vale tudo no combate ao terrorismo.

FONTE: http://informatica.terra.com.br/interna/0,5862,OI121530-EI553,00.html

Anúncios

Entry filed under: Uncategorized.

Da série: “A maior democracia do planeta” II Os culpados de tudo são os “terroristas”…

1 Comentário

  • 1. Vander  |  Agosto 21, 2003 às 3:08 pm

    A utilização de cameras em cidades, não é mais virtual. É realidade. A cidade de Volta Redonda, no Estado do Rio de Janeiro, é a maior prova do sucesso. Quem não lembra do caso dos espancadores de jovem empresário que só foram presos e denúnciados graças a essas cameras. “meta optata” (o fim desejado) justifica o meio.

Trackback this post



%d bloggers like this: