Noções elementares de aritmética não têm preço!

Junho 12, 2005 at 12:34 pm 3 comentários

Comentário de R. auhhh! no site No Mínimo:

Só compra na Daslu quem não cursou o fundamental: não sabe fazer conta nem arranha outro idioma, muito menos pedir um vestidinho na Rue Cambon, 48, endereço da casa Chanel.
Com 20 mil reais dá para ir a Paris, hospedar-se no 16eme, lá pelos lados da praça Victor Hugo – o lugar mais elegante do mundo – ir à maison de mademoiselle e voltar com pelo menos três ou quatro roupas maravilhosas. Sem contar que, só de olhar “o entorno” vai passar à frente das dasluzettes nas conversas profundas de suas festas. Vale a pena até voltar na classe turística e economizar uns eurozinhos para conhecer alguns bons restaurantes, prestar atenção na arquitetura ou simplesmente flanar à beira do Sena. Não, não precisa visitar museus ou livrarias. Isso fica para a próxima estação.

Anúncios

Entry filed under: Uncategorized.

O poder corrompe… A escória dos estudantes de Direito do país

3 comentários Add your own

  • 1. Simone  |  Junho 16, 2005 às 2:51 pm

    Realmente, essa conversa de pagar R$20.000,00 em vestido na Daslu… Sem pé nem cabeça. Tanta coisa mais interessante pra fazer com essa quantia.
    Viva o povo brasileiro!

    Responder
  • 2. Gustavo Amaral  |  Junho 17, 2005 às 10:51 am

    Vc enxerga o dinheiro como pobre: como se para fazer um negócio tivesse que deixar de fazer outro. Quem compra na Daslu, gasta R$ 20000 na calça, e vai pra Paris do mesmo jeito. E no final da vida está ainda mais rico.

    Responder
  • 3. Tulio Vianna  |  Junho 17, 2005 às 11:53 am

    Não! Eu enxergo o dinheiro com inteligência! Se eu tenho R$20.000 para dar em uma roupa, por que diabos eu compraria na Daslu? Para ser igual a qualquer ricaço paulista sem o mínimo de cultura? Como diz o Alex Castro:

    A Daslu é lugar de gente que, por desconhecer as marcas realmente fodas e exclusivas, fica limitada a comprar aqueles nomes que já cansaram de ouvir: Chanel, Manolo Blahnik, blá blá, sem nem entender porque são bons. Aliás, como querem é impressionar outras pessoas idiotas e deslumbradas como elas, de nada adiantaria usar marcas melhores e mais exclusivas que poucos tenham ouvido falar.

    Se eu com meu olhar de “pobre” tenho R$200,00 para dar em uma garrafa de vinho, por que pagaria R$200,00 em um vinho francês, se entendo das coisas e sei que há um chileno por R$120,00 no menu que é de muito melhor qualidade???

    Gastar mal não é privilégio dos pobres, ricos também gastam mal para beberem vinhos insossos e vestirem roupas cafonas.

    Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed



%d bloggers like this: