Archive for Agosto, 2006

Resultado do sorteio das separatas

Agradeço a todos os gentis comentários no tópico Artigos publicados no exterior.

Ao todo, foram 95 comentários. Realizei o sorteio das separatas com dois dados D10 (dados de RPG com valores de 0 a 9): um vermelho, representando as dezenas, e um roxo, representando as unidades. Em nenhum dos 10 lançamentos dos dados houve o sorteio de números de 96 a 00, mas obviamente se houvesse ocorrido, teria sido descartado.

Expostas as regras, eis os ganhadores, na exata ordem em que foram sorteados:

  • 14 – Simone Gonçalves
  • 80 – Patrícia Costa Ferreira
  • 08 – Airton
  • 49 – Flávio Salvador
  • 67 – Felipe Vianna
  • 38 – Erika Pretes
  • 31 – Caroline Mendes
  • 47 – Ricardo Marques
  • 13 – Karol Pacheco
  • 42 – Afonso Oliva

Peço aos contemplados que enviem endereço postal completo para o email prof@tuliovianna.org para que eu possa enviar-lhes as separatas pelos correios.

Obrigado a todos pela participação!

Anúncios

Agosto 28, 2006 at 5:26 pm 7 comentários

Artigos publicados no exterior

AnuarioO Anuario de Derecho Constitucional Latinoamericano 2006 traz em seu tomo II o meu artigo A ideologia da propriedade intelectual: a inconstitucionalidade da tutela penal dos direitos patrimoniais de autor.

A Revista da Ordem dos Advogados de Portugal traz em seu novo número o meu artigo Por uma nova política de direitos autorais para a América Latina: o software livre como instrumento de efetivação do direito econômico ao desenvolvimento tecnológico.

Para comemorar estas novas publicações no exterior, sortearei entre os leitores deste site algumas separatas da Revista da Ordem dos Advogados de Portugal, com o meu artigo autografado.

Quem quiser participar basta deixar um comentário com email válido até o dia 27 de agosto.

Agosto 19, 2006 at 3:37 pm 96 comentários

Partido pirata

Li na PC Magazine sobre a existência do Partido Pirata na Suécia.

Segue desprezada pela mídia em geral a estranha situação na Suécia, onde um partido político e uma organização de lobby apareceram com o propósito único de derrotar a leva atual de leis de patentes e direitos autorais, e criar algo mais moderno e realista: o Partido Pirata e o Lobby Pró-Pirataria. Esse movimento, apesar de dificilmente ter qualquer efeito nos EUA, pode mudar as coisas tão dramaticamente nas democracias parlamentares que fará com que todos sintam o efeito de qualquer modo.(…)

Em um sistema parlamentar, um grupo como o Partido Pirata, que irá rapidamente superar o Partido Verde sueco, não precisa ganhar uma maioria parlamentar para ser efetivo. Em sistemas multipartidários (ao contrário dos EUA), você precisa fazer alianças para governar, e vários tipos de negociações são feitas para que qualquer coisa se torne realidade. E eu suspeito que muitos dos velhos políticos estão cansados de serem manipulados pelos monopólios de propriedade intelectual dos EUA e adorariam apoiar o Partido Pirata com a desculpa de que “foi preciso”.

Piratas do mundo inteiro, uni-vos!

Agosto 6, 2006 at 9:59 pm 6 comentários